Evite os 7 Erros Comuns em Digital Signage na Comunicação Corporativa

O digital signage, uma adição notável ao marketing em lojas, está a ganhar um enorme destaque em diversos setores, abrangendo a hotelaria, retalho, educação e o âmbito corporativo. De fato, pesquisas antecipam que o  mercado dinâmico alcançará impressionantes $27.8 bilhões até 2026. Esse crescimento robusto é fundamentado por vários fatores convincentes:

  • Avanços Tecnológicos: Notavelmente, os displays digitais estão a evoluir a passos largos.

  • Adoção Generalizada: Indústrias e setores diversos estão a adoptar soluções de digital signage.

  • Avanços na Infraestrutura: Desenvolvimentos crescentes na infraestrutura estão a facilitar a integração perfeita.

  • Exigências de Resolução: Há uma sede crescente por displays de resolução 4K e 8K, que impulsionam a expansão do mercado.

No entanto, dentro desse cenário empolgante, existem armadilhas, muitas vezes ocultas na criação de conteúdo de digital signage. O que parece muito claro para si pode confundir o seu público. Um anúncio visualmente impressionante pode não atingir o alvo, deixando-o perplexo quanto à desconexão entre seus esforços e resultados.

Ao embarcar na sua jornada de digital signage corporativo, lembre-se de temperar o entusiasmo com prudência. Apressar-se na sedução dessa tecnologia pode desviar o seu caminho. Aqui estão sete erros comuns de digital signage a serem evitados para resultados corporativos ideais:

 

  1. Os Perigos do Tamanho do ecrã

  • O Ecrã Minúsculo: Optar por um ecrã pequeno pode tornar o seu conteúdo quase ilegível.

  • O Ecrã Exagerado: Inversamente, um ecrã excessivamente grande pode sobrecarregar os espectadores, dificultando a absorção de informações.

Para encontrar o equilíbrio certo, leve em consideração tanto a distância de visualização quanto a densidade de informações. A primeira refere-se à distância entre a sua audiência e o seu ecrã, enquanto a segunda relaciona-se ao volume de informações exibidas de uma vez.

 

  1. Problemas de Qualidade de Conteúdo

  • Arrependimentos de Resolução: Exibir vídeos e imagens de baixa resolução pode prejudicar gravemente o impacto do digital signage.

  • Predicamentos de Percepção: Mensagens que carecem de clareza e coerência podem não ressoar efetivamente.

Para remediar a qualidade do conteúdo, solicite feedback do seu público-alvo, incluindo funcionários, doadores e visitantes. Alternativamente, coloque-se no lugar deles para uma nova perspectiva.

 

  1. O dilema do Conteúdo Extensivo

  • Investigação da duração Ideal: Determine a duração perfeita do conteúdo, incluindo tamanho do vídeo, animações, imagens e infográficos.

Avalie quanto tempo os seus espectadores provavelmente dedicarão ao seu ecrã. Adapte o seu conteúdo em conformidade; para quem passa rapidamente, procure uma compreensão rápida em menos de 5 segundos, enquanto num refeitório, uma mensagem mais longa pode ser apropriada.

 

  1. Orientando a Sua Audiência

  • Ausência de CTA: Não incluir uma chamada de ação (CTA) clara pode deixar os espectadores sem orientação.

Personalize o seu CTA, usando imperativos como "tu" para melhorar o envolvimento. Incorporar QR Codes digitalizáveis com CTAs instrutivas pode transferir informações de maneira eficiente para os ecrãs sensíveis ao toque dos utilizadores.

 

  1. Desconsiderar Atualizações de Conteúdo

  • Estagnação de Conteúdo Estático: Deixar de atualizar o conteúdo pode levar a exibições desinteressantes.

Treine a sua equipa para usar o software de gestão de digital signage para atualizações em tempo real, agendando novo conteúdo alinhado à sua estratégia comercial.

 

  1. O Poder da Automação

Subutilização da Automação: A falta de automação pode levar a ineficiências temporais nas atualizações de conteúdo.

Adote a automação para atualizações de conteúdo envolventes, incluindo previsões meteorológicas, feeds de redes sociais, informações de tráfego, notícias e painéis internos.

 

  1. A Armadilha da Sobrecarga de Conteúdo

  • Poluição Visual: Sobrecarregar os ecrãs com gráficos e texto excessivos cria um caos visual.

Priorize clareza, brevidade e linguagem concisa. Considere displays maiores ou vários ecrãs para informações complexas, seguindo o mantra de "menos é mais".

Incorporar  digital signage na sua estratégia corporativa é crucial, mas evitar estes erros na criação de conteúdo é igualmente crucial. Procure  orientação especializada, se necessário, e direcione o seu projeto de digital signage para o mundo do sucesso, onde a mensagem cativante reina supremamente.